Silêncio

Silêncio, quando o pensamento sopra na mente; quando a mente – inerte, torna-se profunda. Silêncio quando a razão é mais do que simplesmente uma coleção de fatos: um breve ilusão da realidade.

Silêncio

São apenas momentos,
e quando toma-se consciência
tudo se altera.
Porque estamos fadados à ilusão do pensamento.

E parecemos estar cedados,
inertes no tempo.
Tudo passa e nada se altera.
Porque estamos fadados à escuridão da verdade.

Sempre vejo as crianças
contando seus brinquedos,
e no céu, nada muda:
apenas um sopro de pensamento.

E sempre, sempre que estou só,
a verdade me toma.
E como num lapso,
desperto em meu abrigo,
no ecoar do silêncio.

Anúncios

Autor: cfbastarz

craftmind.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s