svn merge (jeito simples)

Fazer um merge pode ser um pouco tenso para algumas pessoas, principalmente quando não se entende bem a lógica do merge no SVN. Na verdade, esse procedimento pode ser bem simples (pare, respire, tome um cafezinho e volte a fazer) ou bem complicado (se você não parar, respirar um pouco e sair para tomar um cafezinho). Sem mais enrolação, aqui vai um jeito bem simples e objetivo de fazer um merge entre dois ramos SVN. Primeiro, vamos desenhar uma situação: temos um ramo trunk (o principal) e um ramo branch (em que estamos trabalhando). Vamos trazer os últimos desenvolvimentos do ramo trunk para dentro do ramo branch, sem perder as nossas implementações (no ramo branch). Queremos que o svn merge apenas traga as atualizações que recebem para dentro do nosso branch.

Para isso, siga os passos seguintes:

1. Checkout do seu branch para a sua área de trabalho:

$ svn co https://endereco.alguma.coisa/projeto/branch/pasta pasta.branch

No comando acima, iremos criar uma nova pasta de nome “pasta” que contém todo o código que queremos atualizar a partir do trunk, utilizando o comando merge.

2. Entre na “pasta” criada e execute o comando svn merge como indicado:

$ cd pasta.branch/
$ svn merge https://endereco.alguma.coisa/projeto/trunk/pasta .

Observe bem que no final do comando svn merge, foi colocado um ponto “.”, que representa a pasta atual (pasta.branch) onde está o código do nosso branch, para o qual queremos trazer as atualizações contidas no ramo trunk do projeto.

Depois de algumas tentativas mais complicadas, essa foi a mais simples e que deu certo.

Pode ser que no seu caso essa solução não funcione como esperado, porque tudo depende de como você está trabalhando com o seu projeto no svn. É importante também ressaltar que, no exemplo dado acima, o ramos trunk contém o código mais atualizado e que, apenas alguma parte do código do ramo branch não existe no ramo trunk, ou seja, nossas criações no branch ainda não foram adicionadas ao trunk e tudo o queríamos eram apenas as últimas alterações do trunk, da parte do código em que não alteramos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s