Consertando o Macports 2.3.0 no OS X Mavericks

Uma das medidas de manutenção que realizo semanalmente em meu macbook é a atualização do macports e dos pacotes que instalo através dele.

Mas nesta última semana, estava ocorrendo o seguinte erro:

Erro na atualização do Macports 2.3.0
Erro na atualização do Macports 2.3.0

Procurando pela internet, descobri que há um patch que pode ser aplicado ao arquivo macports.tcl (que fica em /opt/local/libexec/macports/lib/macports1.0) e que resolve o problema. Se você não sabe o que é um patch ou sabe mas nunca utilizou, talvez não seja a melhor idéia utizar um. Neste caso, se você fizer algo de errado – além de “quebrar” a sua instalação do macports, pode também comprometer os ports que você já tem instalado. Então, como a solução é bastante simples, vou mostrar quais são os arquivos que você precisa alterar para ter o seu macports funcionando novamente. Para isso, siga os passos abaixo:

1) Backup do arquivo original

Como dito anteriormente, o arquivo de configuração do marports que está com problemas é o “/opt/local/libexec/macports/lib/macports1.0/macports.tcl”. Para fazer um backup desse arquivo, abra o terminal e execute os seguintes comandos:

$ cd /opt/local/libexec/macports/lib/macports1.0
$ sudo cp macports.tcl macports.tcl.bak

2) Editando o arquivo macports.tcl

Para resolver o problema com a atualização do macports, abra o arquivo macports.tcl e adicione as seguintes linhas no arquivo:

Na linha “2498”, adicione a seguinte linha:

set verboseflag "-v"

E na linha “2501”, adicione a seguinte linha:

set verboseflag ""

Salve e feche o arquivo editado.

Fazendo isto, certifique-se de que o seu arquivo possui as mesmas linhas a seguir:

Aspecto final do arquivo macports.tcl depois das alterações.
Aspecto final do arquivo macports.tcl depois das alterações.

Observe as duas linhas alteradas (2498 e 2501). Estas alterações permitem que a flag “-v” seja verificada quando o comando “sudo port selfupdate” é executado.

3) Atualizando o macports

Depois das alterações, execute a atualização do macports (“sudo port selfupdate” ou “sudo port -d sync”).

Atualizando o macports, problema resolvido!
Atualizando o macports, problema resolvido!

Com o macports atualizado, basta atualizar os seus pacotes (“sudo port update outdated”).

É isso!

Referências:

Anúncios

Autor: cfbastarz

craftmind.wordpress.com

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s