Copiando o caminho atual (pwd) no Shell sem utilizar o mouse

Quem trabalha muito na frente do terminal, acaba desenvolvendo a habilidade de não utilizar o mouse. Boa parte do meu tempo no trabalho, é em frente ao terminal (seja um terminal do Linux ou do OS X) e raramente utilizo o mouse para alguma coisa, a não ser para interagir com a interface gráfica (como arrastar janelas ou coisas do gênero). Mas uma situação que sempre me forçou a usar o mouse na frente do terminal, era simplesmente copiar o endereço do local onde estou e colar dentro do editor vi (ou vim) ou em outro local. Para isso, sempre utilizei o comando “pwd” e usava o mouse para copiar e colar. Percebendo que essa era praticamente a única ação que me fazia tirar as mãos do teclado enquanto trabalhava com o terminal, revolvi procurar uma solução. Eu a encontrei e é bastante simples. Há basicamente dois comandos que podem ser utilizados para esta função. Um deles é o “pbcopy” que pode ser utilizado no OS X e o outro, é o “xclip” que pode ser utilizado no Linux.

pbcopy no OS X

No terminal do OS X, encontrei o comando “copypath”. Este comando é interno, ie., ele faz parte do conjunto de ferramentas do OS X e portanto, não é necessário instalar ele.

Uso

Um exemplo do seu uso é o seguinte:

$ pwd | pbcopy

Utilizando o atalho do teclado “CMD+v”, posso colar no terminal (ou em qualquer outro local) o caminho indicado pelo comando “pwd”:

/Users/carlos

Muito simples e funcional.

xclip no Linux

Como eu não sabia que o “pbcopy” é um comando interno do OS X, fui tentar no terminal do Linux e não deu certo. Fui procurar e acabei encontrando o comando “xclip”, que tem a mesma função e funciona muito bem. Porém, na máquina em que eu estava trabalhando, este comando não estava instalado, mas nada me impediu de instalar ele localmente.

Instalação

Para instalar o comando “xclip” em uma máquina a partir do código fonte do programa, basta seguir os passos abaixo:

$ wget -c https://github.com/astrand/xclip/archive/master.zip
$ unzip master.zip
$ cd master/
$ ./bootstrap
$ ./configure --prefix=${PWD}
$ make
$ make install

Com esses comandos, você irá instalar o “xclip” no mesmo diretório do código fonte do programa. Serão criados dois novos diretórios, “bin” e “share”. Dentro do primeiro, deverão estar presentes os executáveis do “xclip” e dentro do segundo, os manuais. Para adicionar os novos comandos e manuais ao PATH do Shell, basta configurar o seu arquivo ~/.bashrc (ou ~/.bash_profile ou mesmo ~/.profile), adicionando as seguintes linhas ao final do arquivo:

export PATH=“/caminho/para/o/diretorio/bin/do/xclip”:${PATH}
export MANPATH=“/caminho/para/o/diretorio/share/man/do/xclip”:${MANPATH}

Com isso, basta dar um source no arquivo alterado (eg., “source ~/.bashrc”) ou abrir um nova aba no terminal.

Uso

O uso do comando “xclip” no Shell do Linux é bastante simples. Por exemplo, copiando o caminho atual e redirecionando a saida para dentro de um arquivo texto (arq.txt):

$ pwd | xclip
$ xclip -o > arq.txt

Para colar o caminho copiado com o xclip dentro do editor vim, basta digitar “SHIFT+p”.

É isso!

Referências:

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s