Migrando o Macports para o OS X Yosemite

Ontém (16/10/2014) foi liberada a versão 10.10 do OS X, batizada de Yosemite. Se você usa o Macports e fez a atualização para o Yosemite, pode estar experienciando alguns problemas.

Continuar lendo

Instalando manualmente o JRE no Ubuntu 12.04

No momento em que escrevo este post, o Ubuntu 12.04 (Precise Pangolin) está na reta final de desenvolvimentos, com o seu último beta lançado antes do anúncio final. Mas há algum tempo, vários sites na internet já disponibilizam ppas para a instalação de programas e que facilitam bastante a vida de quem precisa de um pacote mais atualizado ou de algum programa que não existe nos respositórios oficiais. Com a mudança de licença da Oracle, há pelo menos uma versão, o Ubuntu deixou de distribuir o pacote de desenvolvimento java da Oracle e passou a oferecer a sua versão open-source. Como no caso da versão open source do flash-player, algumas aplicações não funcionam corretamente e sempre temos quue recorrer ao mal necessário das versões originais.

Para a instalação do pacote de desenvolvimento Java (incluindo o plugin para o Firefox), há um ou dois ppas disponíveis que não estão funcionando corretamente (pelo menos falhou em minhas tentativas). Por isso, resolvi buscar a solução mais “slackware” e resolver o meu problema. Se esse for também o seu caso, siga o passo a passo:
1) Instale o pacote alien no seu Ubuntu 12.04

$ sudo apt-get install alien

2) Baixe o pacote jre-7u3-linux-x64.rpm no site da Oracle
3) Transforme o baixado de rpm para deb

$ sudo alien --scripts jre-7u3-linux-x64.rpm

4) Instale o pacote gerado

$ sudo dpkg -i jre_1.7.003-1_amd64.deb

Até aqui tudo o que fizemos foi instalar o pacote de desenvolvimento Java no Ubuntu 12.04. A instalação pode ser verificada como o resultado do comando “$ whereis java”. Como este é um método alternativo, temos que instalar o plugin java para o Firefox. Para isso, execute os seguintes comandos:
5) Entre na pasta de plugins do firefox

$ cd /usr/lib/firefox/plugins

6) Crie um link simbólico para o plugin do java

$ sudo ln -s /usr/java/jre1.7.0_03/lib/amd64/libnpjp2.so .

Não se esqueça do ponto ao final. É isso!

Ajustando a variável JAVA_HOME

Se você digitar algum comando no terminal que necessite das bibliotecas do JAVA e você sabe que elas estão instaladas, mas por algum motivo não funcionam corretamente, o problema pode ser com a variável JAVA_HOME. No Slackware, toda vez que eu tentava rodar um script de conexão VPN, me aparecia a seguinte mensagem:

bash-4.1# sh carlos.frederico.sh start
 which: no java in (/usr/local/sbin:/usr/local/bin:/sbin:/usr/sbin:/bin:/usr/bin)
 Error: JRE_HOME is not defined correctly.
 We cannot execute

No entanto, quando eu tentava rodar como usuário comum, apenas utilizando o sudo, surgia uma outra mensagem:

carlos@darkstar:~/.keys/users/carlos.frederico$ sudo sh carlos.frederico.sh start
 Password:
 Checando atualizacoes
 VERSIONS.xml
 Nao ha atualizacoes
 Finalizando atualizacoes
 Lendo informacoes
 Enviando informacoes
 ACESSO LIBERADO
 Iniciando a VPN...
 carlos.frederico.sh: line 10: openvpn: command not found

Ou seja, o comando openvpn, embora instalado, não estava sendo executado porque dentro do script de execução da VPN, havia uma referência às bibliotecas do JAVA, que também estavam instaladas, mas mal configuradas.

Neste caso, quando dei um “echo $JAVA_HOME” na minha conta de usuário, o resultado foi “/usr/lib/java”, enquanto que na conta de root, nada apareceu! Para descobrir onde está instalado o java, basta dar um “whereis java”. Então, bastou adicionar as seguintes linhas no .bashrc no home da conta de root (se não existir, basta criar!) e voialà!

export JAVA_HOME="/usr/lib/java"
export PATH="/usr/lib/java/bin":${PATH}

Depois de adicionadas as variáveis, basta dar um source .bashrc para que as variáveis sejam exportadas.